Reportagem sobre Toque Integrativo Somato Emocional

Reportagem sobre Toque Integrativo Somato Emocional

Dentre benefícios propostos pela terapia de toques estão a consciência corporal e o relaxamento miofascial e, nestes casos, a técnica é usada de maneira preventiva. Segundo a fisioterapeuta Cristina Yui, terapeuta craniossacral e idealizadora do Toque Integrativo Somato Emocional (TISE), técnica que combina a terapia craniossacral a abordagens de desenvolvimento somático, o sistema sacrocraniano influencia no equilíbrio dos aparelhos circulatório, respiratório, imunológico, linfático, digestivo e endócrino. “O Toque é uma ferramenta de escuta do corpo, um recurso diagnóstico que possibilita identificar os desequilíbrios e as necessidades do organismo em um determinado momento”, destaca a especialista.

Coordenadora da equipe que aplica o método voluntariamente nos pacientes do Hospital Dia do HC-FMUSP, a fisioterapeuta diz que a combinação entre as técnicas favorece os trabalhos cognitivos dos tratamentos psiquiátricos, possibilitando o despertar de recursos inatos do ser humano e o favorecimento à reconstrução de sensações positivas, com resolução de estresse pós-traumático decorrente de enfermidades. No TISE, além dos toques, é feita abordagem emocional dos sentimentos dos pacientes.